terça-feira, 17 de julho de 2007

Post Scriptum - Até, João Guimarães Rosa

Isto posto, o que me resta dizer mais sobre Guimarães e os conversadores literatos que não conseguem, por mais que se esforcem, sequer resvalar na mediocridade? Prova maior disso foi a grata surpresa deste último ciclo, agora em novo formato mensal. Longe - mas muito longe mesmo - de duvidar das capacidades cosmogônicas de Otavio, ninguém esperava levar uma rasteira ainda maior que as aplicadas por Borges e Cortázar, tampouco sofrer da mesma larica ocasionada pelos vagabundos iluminados de Kerouac & cia. O que o velho Guima, psicografado pelo jovem Otavio, nos trouxe de novo, foi a complexidade da vida simples do sertanejo, a musiquinha brejeira que aperta o coração quando toca na memória, a infância perdida que a vida adulta transformou em fábula, em sonho - e em poesia.
Foi tudo muito bonito, minha gente, até a porradaria estancou no melhor espírito cavalheiresco, talvez uma mesura, quiçá esforço hercúleo, em respeito ao nosso retorno à academia. A bela salinha do bloco C, no quinto andar, com capacidade de sobra para todo o nosso público - que a cada ciclo parece beirar o ideal, sempre revelando um novo participante cuja presença conseguimos desejar por mais de um encontro - parece nos inspirar e dar forças para prosseguirmos na empreitada, que nem é tão estafante como costumamos dizer por aí.
É isso. Não preciso me estender: Otavio já disse tudo. A mim só resta publicar as frases da noite e aprontar o velho Rubem para setembro próximo.
TMMJCL
---------------------------------------------------------------------------------
FRASES DA NOITE:
* "Todo mundo leu O apanhador no campo de centeio e eu achei um... um... um livro". (Max, homenageando Salinger)
* "Os grandes temas se esgotaram na bíblia". (Fabiano citando o missionário R.R. Soares)
* "Tem uns textos que a gente reclama co-autoria". (Reverendo esquecendo de vez aquele papo de mediocridade)
* "O Otavio fez um recorte genial"... (Sortudinho esquecendo de vez as piadas sobre o Kerouac)
* "Que coisa legal: blog"! (Professora Dalva, mentindo para nós)
* "Eu já fiz parte do grupo". (Adriana, rachando minha cara)

3 Comentários:

Blogger Fabiano Morais disse...

não me faça passar por analfabeto, marlon:
"Tem uns texto que a gente reclama co-autoria". revisão, revisão! onde está a revisão?

por sinal, suas atas estão ficando mais concisas e, por isso, melhores. tente apenas ser mais assíduo.

forte abraço e TMMJMM!

18 de julho de 2007 05:16  
Blogger Máximo Heleno Lustosa da Costa disse...

plaplaplá (onomatopéia para aplausos).
o que houve com o português dos conversadores, hein?
abraço.
j (o máximo em concisão - rs)

18 de julho de 2007 07:33  
Blogger Marlon Magno disse...

Erro de digitação, p*rra.

18 de julho de 2007 08:56  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial