domingo, 2 de março de 2008

Arquivos secretos do Conversando Literaturas

Na última sexta-feira a cúpula do Conversando reuniu-se no bom e velho Tombadilho para encher a cara e definir os rumos do projeto em 2008. É bem provável que migremos para outro campus da UFF, mas isso ainda não está acertado, bem como o dia dos encontros, que não será mais às terças-feiras. Ou seja, mudanças à vista, mas o espírito do grupo ainda é o mesmo: primeiro a literatura; depois a birita.

Então exploremos os clichês que falam de renascimento e imortalidade e apelemos aos arquivos secretos do Conversando Literaturas. O projeto teve início no dia 18 de agosto de 2005, em tertúlia realizada nas dependências da Universidade Federal Fluminense, no Gragoatá. Eu não estive presente, mas os relatos a respeito estavam perdidos até então. O amigo Max Heleno bem escreveu sobre a noite de estréia:

"Parafraseando a abertura-slogan do pessoal do www.ocupimdeferro.com.br (“ansiamos pelo dia em que a política nos deixará falar de poesia”), abrimos, Fabiano (o metafrasta), eu e mais 13 bravos, um vão no mar de lama no qual se afogam nossos sonhos de igualdade e nossos dias e paramos para ler/ouvir um pouco de Literatura.

"No auditório 218, do Bloco C da UFF, no dia 16/08, às 19 horas, começou o Conversando Literaturas, cartaz do amigo-design Marcelo Souza, idealizado por mim, aperfeiçoado e capitaneado pelo Fabiano e por mim. O “Conversando...” tem a idéia de apresentar novos nomes e novas literaturas para os seus integrantes.

"Desta forma, brindando com o vinho oferecido pela Lidador, com a presença das professoras Lívia Reis e Márcia Paraquett, pudemos participar de um ambiente em que flutuaram o racionalismo de Jorge Luiz Borges, com seus labirintos e repetições, a prosa espontânea de Jack Kerouac, o lirismo-fantástico de Julio Cortázar (obrigado, Ivan), a autenticidade poderosa de Arturo Arias e um pedacinho do Memórias de Minhas Putas Tristes do fantástico, em mais de um sentido, Gabriel García Márquez.

"Momento Mágico, Momento Mágico (viva Verissimo, via Fabiano)!!

"Enganamos o mundo por uns momentos. Para descortiná-lo em outras formas, por vezes, até mais duras. Por outro lado, nunca é demais lembrar o velho e poderoso Belchior (o cantor-filósofo): “isto é somente uma canção / a vida realmente é diferente / quer dizer / ao vivo é muito pior.”

"E assim, no próximo dia 30, às 20 horas, entregues aos cuidados de Fabiano Morais, conheceremos o mundo beat de Jack Kerouac com mais cores. E, quando a adaptação para o cinema de On the Road, por Walter Salles, passar por aqui, nós já teremos passado pela obra de Kerouac com nossos próprios olhos.

"Aguardamos vocês no dia 30/08".

O Reverendo Fabiano, responsável por minha entrada em tão seleto grupo, também registrou o nascimento do Conversando em seu blog suicida:

"terça-feira passada (16/08) demos, eu e máximo heleno, a partida no projeto "conversando literaturas", que pretende abrir um espaço na universidade federal fluminense para um bate papo informal sobre diversos autores de várias nacionalidades, entre eles, jack kerouac, jorge luiz borges, arturo arias, gabriel gárcia marquez e julio cortázar. para os que quiserem saber como foi a tertúlia de inauguração e como será o projeto daqui em diante, visitem o crônicas à deriva para um pequeno relato sobre a iniciativa que vai desbancar as rodas de leitura do ccbb.

"abraços".

Os demais registros continuaram até o fim do Ciclo Kerouac, quando as atas passaram a ser escritas exclusivamente por membro menos talentoso, mas cujo tempo ocioso por si só o gabaritava para a tarefa. No entanto, Fabiano Morais e o jovem Max Heleno ainda escrevinharam em seus blogs algumas impressões sobre os Vagabundos iluminados, as quais reuniremos aqui, em breve.

TMJ.

7 Comentários:

Anonymous Notebooks disse...

Este comentário foi removido por um administrador do blog.

19 de março de 2008 00:51  
Blogger Máximo Heleno Lustosa da Costa disse...

Este comentário foi removido pelo autor.

31 de julho de 2008 17:46  
Blogger Máximo Heleno Lustosa da Costa disse...

meu nobre, você é um destes tipos incapazes de assumir que um sonho soçobra (adoro esta literação - ou seja lá qual for o nome este recurso)... eu também sou assim... você escreveu isto em março e, só agora, em dezembro de 2052, eu entro aqui.
ficou excelente. excelente!!!!!!!! com exclamações que não lembro de ter usado antes. você nasceu repórter, meu caro. lamento se você achar que isto não é um elogio. pra mim, isto é um belíssimo elogio. parabéns!! continua, daqui pra frente. abraço.

31 de julho de 2008 17:47  
Blogger Marlon Magno disse...

você só gostou do texto porque 70% dele não fui eu quem escreveu, max.

10 de agosto de 2008 09:16  
Anonymous Anônimo disse...

Este comentário foi removido por um administrador do blog.

18 de setembro de 2008 19:26  
Blogger Cadu Oliveira disse...

Interessantíssimo blog!

Parabéns aos envolvidos...hehe
Postem!

Grande abraço.

25 de setembro de 2008 12:01  
Blogger Adriana Karnal disse...

vc deixou uma msg no meu blog "language glasses" falando sobre a prof. Cláudia Roncaratti. Que maravilha deve ser ter sido seu aluno. Eu n~~ao a conheci, apenas seu trabalho e de nome mesmo, pois sou da linguística tbm.
Lendo suas coisas, vi que paraste de publicar, andas mais lendo que escrevendo?

11 de novembro de 2011 09:27  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial